Custo de vida em Portugal

Se está a pensar em comprar um imóvel em Portugal ou se for para lá para estudar ou trabalhar, ficará certamente contente por saber que é um dos países mais baratos da Europa, com um ótimo nível de vida e custos muito acessíveis. Regra geral, poderá viver muito bem com cerca de 750 a 1 000 euros por mês, sobretudo fora da capital e das estâncias mais conhecidas no litoral.

No entanto, se não tiver uma fonte de rendimento garantida, será mais difícil encontrar um bom emprego, com o mesmo salário a que estava habituado no Reino Unido, França ou Alemanha. O rendimento familiar anual médio é pouco mais de 20 mil euros, inferior à média da OCDE, que é de 30 mil euros. E o salário mínimo mensal, de acordo com o Eurostat, é de 676,67 euros, o que certamente não permite viver desafogadamente. Por exemplo, se está aposentado e tem um orçamento mensal superior a este valor mínimo, sentir-se-á em casa e poderá viver muito bem.

Por exemplo, arrendar um apartamento numa cidade como Porto ou Coimbra, pode custar apenas 400 euros por mês. Mesmo em Lisboa, pode conseguir um apartamento de um quarto por cerca de 650 euros por mês - e se pensar em comprar, os preços baixos significam que pagará uma mensalidade relativamente baixa. Em algumas aldeias do interior, pode comprar uma casa pelo preço de um carro novo - até menos, se estiver disposto a restaurar um imóvel antigo por conta própria!

Seja o primeiro a conhecer o processo de compra em Portugal

O dicas dos locais, e saiba quais são os potenciais obstáculos que poderá enfrentar.

As cidades mais baratas de Portugal

As despesas com serviços básicos são relativamente baixas. O site Numbeo indica que um ocupante de um apartamento com 85 metros quadrados poderá entre 54 e 150 euros por mês, pela eletricidade, água, aquecimento, ar condicionado e eliminação de resíduos. De facto, até poderá gastar menos energia - muitas famílias portuguesas não usam ar-condicionado no verão e o aquecimento só é usado por um período limitado a cada inverno - as suas despesas podem variar, mas é perfeitamente possível ter contas muito mais baixas.

Portugal tem uma excelente infraestrutura de internet, com banda larga em quase todo o lado. Conte gastar 25 a 40 euros por mês, dependendo da sua utilização e requisitos de largura de banda, e até 75 euros por mês para um pacote combinado de telefone, TV e banda larga.

O s transportes públicos são baratos. Um passe mensal em Lisboa ou no Porto custa apenas 36 euros - comparado com 131 libras para as zonas 1-2 em Londres e 75,20 euros em Paris. Porém, ao mudar-se para o país profundo, os transportes públicos podem ser limitados e a má notícia é que a gasolina é um pouco mais cara do que noutros países; a gasolina sem chumbo custa 1,64 euros por litro, enquanto em França fica por 1,47 euros e em Espanha vai de 1,30 euros aos 1,50 euros. Algumas pessoas que moram perto da fronteira, atravessam para Espanha para abastecer o depósito e garantem que a poupança faz valer a pena a viagem.

Esteja também atento às portagens das autoestradas porque podem ser elevadas, mesmo em curtas distâncias.


Quanto aos custos de vida diários, a comida e a bebida são uma pechincha em Portugal. Os produtos do supermercado devem custar menos de 200 euros por mês, a não ser que opte muitas vezes pelas refeições preparadas ou procure alimentos para "matar saudades de casa” e que terão um custo acrescido (Oreos, feijões Heinz ou noodles chineses serão fáceis de encontrar). Se for comer fora, o almoço numa tasca pode custar apenas cinco euros em zonas rurais e até no Algarve pode encontrar pratos do dia por cerca de 3,50 euros. Uma garrafa de vinho custará apenas 2 euros, se não for muito exigente, e a cerveja nacional Super Bock custa menos de 0,87 cêntimos por garrafa de meio litro no supermercado, um pouco mais se a consumir num bar.

PortugalReino UnidoAlemanhaFrança
Refeição para 2 (restaurante de gama média)3050.384550
Passe mensal3667.187060
Serviços básicos91.06157.65216135.37
Bilhete de cinema6.5011.2010.5010
Escola primária internacional8.30014.31815.56320.873
Salário líquido médio mensal7962.0442.2201.882

Propriedades em locais populares

Cuidados de saúde

HealthcarePortugal tem um excelente sistema nacional de saúde e, embora exista a possibilidade de pagar a consulta a um médico ou a admissão num hospital, esse custo é baixo (5 a 20 euros). Após ser admitido num hospital, terá direito a receber todos os tratamentos necessários. Num dos principais hospitais de Lisboa, os doentes nervosos com as suas análises ao sangue, são muitas vezes tratados com um ou dois versos de fado por um médico que canta!

As grávidas, crianças e pensionistas recebem tratamento odontológico gratuito. Se for residente em Portugal e estiver registado no Serviço Nacional de Saúde, a assistência médica é gratuita.

Numa análise aos números, o Numbeo calcula que Portugal é 35% mais barato que França, 27% mais barato que os EUA e 25% mais barato que o Reino Unido. O que não é mau, para um país que disponibiliza boas infraestruturas, um clima ótimo, cidades e aldeias pitorescas e uma das gastronomias mais saudáveis e saborosas da Europa.